Maldine Vieira

Poder e Cotidiano

Mês: outubro 2019 Page 2 of 6

Câmara de São Luís realiza primeira convocação de aprovados em concurso público

A Câmara Municipal de São Luís iniciou o processo de convocação dos candidatos aprovados e classificados no primeiro concurso público da história Casa Legislativa, realizado no primeiro semestre deste ano.

A convocação foi autorizada pelo presidente Osmar Filho (PDT) e publicada nos sites da Câmara Municipal (www.camara.slz.br) e da Fundação Sousândrade (www.fsadu.org), organizadora do certame.

Nesta primeira etapa, trinta aprovados e classificados, para cargos de nível superior e médio, deverão comparecer a Perícia Médica do Município, localizada na Avenida Beira-Mar, no Centro, entre os dias 04 a 07 de novembro do corrente ano para apresentação dos exames laboratoriais e complementares, conforme edital.

Já o prazo de entrega dos documentos e do laudo pericial ocorrerá no período compreendido entre os dias 05 a 08 de novembro do corrente ano no setor de Recursos Humanos da Câmara.

Todas as etapas do concurso, vale destacar, foram rigorosamente cumpridas pela atual gestão da Mesa Diretora.

É importante frisar que o certame tem prazo de validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Texto: Tarcísio Brandão

Prefeito Luciano segue lutando pela recuperação total da Barragem do Pericumã

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, esteve reunido na manhã desta terça-feira, na SEMA, com o secretário Rafael Ribeiro para discutir melhorias na estrutura da Barragem do Rio Pericumã, que no ano passado trouxe grandes transtornos e preocupações aos moradores devido aos alagamentos e inundações nas residências.

A prefeitura Municipal, por meio do prefeito João Luciano, em parceria com o Governo do Estado do Maranhão, está a todo vapor buscando melhorias para o município de Pinheiro.

O empenho da gestão municipal é também voltado para o meio ambiente, por isso a preocupação com o Rio Pericumã -que é um dos principais meios de sobrevivência de boa parte dos pinheirenses – que não foi esquecido pela gestão.

Para garantir esse sustento e a preservação das riquezas naturais, o prefeito se reuniu  com o secretário Rafael Ribeiro, a secretária adjunta Karla Lucyana e a deputada estadual Dr. Thaísa Hortegal para buscar ações que visem com rapidez a recuperação e preservação dos recursos hídricos do município.

“Temos preocupação e pressa em começar o serviço de recuperação, tendo em vista que o inverno pode começar bem cedo este ano”. Por isso as providências já estão sendo tomadas, com encaminhamento de licitação e ordem de serviço já para o próximo mês,” disse Luciano.

Ele ressaltou que Pinheiro também conta com o apoio do deputado federal André Fufuca, que tem sido parceiro e já destinou recursos ao município no valor de R$ 3,2 milhões para início dos trabalhos. Projetos como “Maranhão Verde” que apoia a conservação e recuperação ambiental, é prioridade do prefeito que tem como objetivo ajudar e beneficiar a vida de mais de 300 ribeirinhos.

Assembleia Legislativa destina R$ 4,2 milhões ao Hospital Aldenora Bello

Assembleia Legislativa destina R$ 4,2 milhões em emendas à Fundação Antônio Dino para tratamento de câncer no MA

Por iniciativa do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), deputado Othelino Neto (PCdoB), a Alema destinou R$ 4,2 milhões em emendas parlamentares à Fundação Antônio Dino, instituição mantenedora do Hospital Aldenora Bello, referência no tratamento oncológico no estado. A carta compromisso foi entregue, nesta quarta-feira (23), ao vice-presidente da Fundação, Antônio Dino Tavares.

O documento entregue solicita a destinação de recursos do orçamento do Estado à Fundação Antônio Dino, com a indicação de emendas, no valor de R$ 100 mil, de cada um dos 42 deputados da Casa, para ajudar o Hospital Aldenora Bello a superar a crise por falta de recursos financeiros, que ocasionou a suspensão de alguns serviços aos pacientes em tratamento de câncer.

“Nós percebemos a crise por qual passa o Hospital Aldenora Bello que, embora seja um hospital gerido por uma fundação privada, tem um aspecto social muito forte. Então, o Poder Legislativo ajuda, como agente político, a mediar essa situação com relação, principalmente, à utilização de recursos do Fundo de Combate ao Câncer, que é um fundo cujas decisões de utilização não são exclusivamente do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde, mas ele tem uma composição e a sua utilização precisa passar pela aprovação dessa composição, que inclui o Ministério Público e outros representantes”, explicou Othelino.

O presidente da Alema ressaltou que a destinação das emendas é uma forma objetiva de colaborar com a situação e fruto de uma decisão unânime de todos os 42 parlamentares, que se dispuseram a ajudar com suas emendas. “Serão R$ 4,2 milhões, que nós combinamos com o secretário de Saúde, Carlos Lula, que disponibilizasse em seis parcelas, tendo em vista a limitação financeira do Governo do Estado, e ficamos felizes em poder ajudar. Esperamos encontrar soluções definitivas para que não haja a suspensão dos serviços do Aldenora Bello”, afirmou.

Othelino informou, ainda, que alguns serviços que haviam sido suspensos já foram retomados, a exemplo das quimioterapias. “Os serviços de quimioterapia, por exemplo, já foram retomados, onde o Governo do Estado já mandou para o Aldenora Bello uma quantidade razoável de medicamentos que estavam em falta. Na semana que vem, os serviços de cirurgia também devem voltar a funcionar”, assegurou.Agência Assembleia 

Diversos parlamentares participaram do ato de entrega da carta compromisso à Fundação

Diversos parlamentares participaram do ato de entrega da carta compromisso à Fundação

Serviço relevante

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, pontuou que o Hospital Aldenora Bello é uma instituição privada e filantrópica, que presta um serviço relevante, que tem contado, ao longo dos anos, com a ajuda do Governo do Estado com emendas de custeio, equipamentos, com o Fundo Estadual de Combate ao Câncer e, agora, com as emendas parlamentares.

“Foi uma ideia de todos os deputados, tanto da oposição quanto da situação, com a destinação de R$ 100 mil, da emenda de cada um, que a Secretaria de Estado da Saúde vai repassar integralmente ao Hospital Aldenora Bello, para que ele tenha condições de se manter e continue provendo serviços públicos como tem feito ao longo dos anos”, assinalou.

O vice-presidente da Fundação Antônio Dino, Antônio Dino Tavares, destacou que a união de todos os parlamentares mostra a importância que o Hospital Aldenora Bello tem para o estado. “O reconhecimento da classe política é sempre muito importante. Vale ressaltar que todas as vezes em que a classe política fez convênios ou obteve algum tipo de repasse para o hospital houve saltos qualitativos no atendimento dos pacientes”, disse.

Participaram também da entrega os deputados Wellington do Curso (PSDB), Carlinhos Florêncio (PCdoB), Helena Duailibe (Solidariedade), Hélio Soares (PL), Fernando Pessoa (Solidariedade), Daniella Tema (DEM), Dr. Yglésio (PDT), Roberto Costa (MDB), Rafael Leitoa (PDT), Rildo Amaral (Solidariedade), Mical Damasceno (PTB), Rigo Teles (PV), Glalbert Cutrim (PDT), Duarte Jr. (PCdoB), Andreia Martins Rezende (DEM), Cleide Coutinho (PDT), César Pires (PV) e Dr. Leonardo Sá (PL).

Deputado Roberto Costa destina R$ 100 mil de emendas para o Hospital Aldenora Bello

Preocupado com os serviços do Hospital Aldenora Bello, o deputado estadual Roberto Costa (MDB) destinou R$100 mil das suas emendas parlamentares para ajudar nos serviços do Hospital que atende milhares de pacientes com Câncer de todo o Maranhão. O acordo foi feito entre o presidente da Assembleia, Othelino Neto (PC do B), representando todos os parlamentares, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula e o vice-presidente do Hospital Aldenora Bello, Antônio Dino, na manhã desta quarta-feira (23) na sala de reuniões da presidência da Assembleia Legislativa.

Na oportunidade, Roberto Costa destacou a sua luta em defesa da saúde dos maranhenses. E, enfatizou, a importância de todos os parlamentares unirem-se neste propósito.

“Nós parlamentares conhecemos algum paciente que já precisou ou vai precisar dos serviços do Hospital Aldenora Bello, serviços estes que atendem milhares de pessoas, mesmo sendo privado. E, nós, ao vermos esta situação que passa o Hospital, necessitando de ajuda, não poderíamos virar as costas. Pelo contrário, estamos nos unindo e, cada deputado, está se comprometendo de destinar R$ 100 mil das suas emendas para ajudar nos serviços, isso é sinônimo de amor ao próximo, agora sim todos os serviços serão reativados”, disse Roberto Costa.

Empresa de aliado do marido da prefeita de Satubinha continua faturando milhões no município

A Construtora Barroso Leal continua faturando milhões na pobre cidade de Satubinha, que fica localizada a 334km da Capital São Luís.

Segundo levantamento do Blog a Construtora que possui diversos contratos com a Prefeitura Municipal de Satubinha, administrada por Dulce Maciel Pinto da Cunha (Dulcinha), teve empenhado apenas no contrato referente à limpeza pública a quantia de R$ 1.002.324,00 (um milhão, dois mil e trezentos e vinte e quatro reais) cujo montante já fora quase todo liquidado e pago, conforme informações obtidas no portal da transparência do município.

O que chama atenção, além do valor excessivo do contrato é o fato de que a empresa prestadora do serviço é de propriedade do vereador de Paulo Ramos, Afrânio do Leó, amigo e aliado de primeira hora de Adailson Machado, que é candidato a prefeito em Paulo Ramos, conforme pode se observar do registro fotográfico obtido em página do instagran. Existem comentários na cidade de Paulo Ramos que Afrânio do Léo seria inclusive “testa de ferro” Adailson Machado.

Segundo denúncias que chegaram ao conhecimento do Blog, a Construtora Barroso Leal está deixando um rastro de obras inacabadas no Município de Satubinha, apesar de já ter recebido os valores para executar as obras, como é o caso do obra de construção do Mercado Municipal que está paralisada.

Eleição de JJ é prenúncio de derrota para Nelma no TJ

A eleição para o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) para o biênio 2020-2022 tem previsão para ocorrer somente no dia 18 de dezembro de 2019. Mas a votação que elegeu ontem o atual presidente da Corte de Justiça, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, para integrar o Tribunal Regional Eleitoral no biênio 2020/2022, antecipou aquilo que nenhum analista politico ainda havia previsto: a rejeição cada vez mais crescente à desembargadora Nelma Sarney que poderá resultar em numa nova expressiva derrota, caso ela decida disputar novamente o comando do Poder Judiciário maranhense.

O pleito de ontem serviu para avaliar quem tem rejeição e força entre seus colegas, mas também foi uma espécie de prenúncio de derrota. Por 17 votos a 11, JJ, como é mais conhecido entre seus pares, bateu a desembargadora Ângela Salazar, que tinha o apoio declarado do grupo da desembargadora Nelma Sarney, na disputa. Apenas dois membros do TJ-MA, que estão viajando, não votaram.

Para aliviar o desgaste interno da cunhada do ex-presidente José Sarney naquele Poder, aliados dela na imprensa tentam destoar o vexame induzindo os internautas/leitores ao equivoco. A enfadonha e medíocre alegação é de que a eleição de José Joaquim Figueiredo dos Anjos para o TRE perdeu força com a votação de Ângela Salazar, cuja candidatura evidenciou divisão no TJ.

No entanto, o que eles não querem entender é que os sintomas dessa divisão tem uma tendência de prejudicar o grupo da Nelma e não ao contrário.

Com a decisão do desembargador Marcelo Carvalho de não concorrer à presidência, a disputa se dará entre os desembargadores Lourival Serejo e a cunhada do ex-presidente Sarney, que já sofreu uma derrota para o próprio JJ. 

O placar acachapante de ontem serviu para provar apenas uma coisa: o peso do prestígio que o atual presidente da Corte possui entre seus pares.

Usar o argumento de que ‘mais é menos’ ou que ‘meia dúzia não é seis’ evidencia apenas que os aliados de Nelma estão pressentindo mais uma derrota, que pode ser a terceira em menos de três anos.

Carutapera surpreende e tem aluna semifinalista na Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa

A cidade de Carutapera ganha destaque novamente na educação. A aluna Sâmya Dias, da Unidade Integrada Vereador Laércio Fernandes de Oliveira, foi classificada para semifinal na categoria Memórias Literárias da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa, feito jamais atingido na rede municipal de ensino.

Com o feito, a aluna e sua professora, Dárcia Quadros, participarão de oficinas pedagógicas nos 28, 29 e 30 de Outubro na cidade São Paulo. Na ocasião serão escolhidos e premiados os alunos finalistas. As despesas serão custeadas pela Olimpíada.

Localizada na zona periférica da cidade, a escola Laércio Oliveira tem vivido seus dias de glória nos últimos dois anos. Sob gestão do professor Wedson Ribeiro, junto com uma equipe de profissionais comprometidos e apoio imprescindível do prefeito André Dourado, a escola elevou de forma significativa seu patamar nos cenários municipal, estadual e nacional.

Deixando para trás os principais centros do estado (São Luís e Imperatriz) e também os principais do país, hoje nossa aluna está entre os 125 melhores alunos na categoria da mais importante Olimpíada de Língua Portuguesa do país.

ELEITORAL – MPMA e PRE assinam Resolução conjunta

procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, e o procurador regional eleitoral, Juraci Guimarães Júnior, assinaram, na tarde desta terça-feira, 15, uma Resolução conjunta que trata da unificação dos biênios da função eleitoral e dos critérios de designação dos promotores eleitorais.

Também estiveram presentes o presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (Ampem), Tarcísio José Sousa Bonfim, e o promotor de justiça com atuação junto à Procuradoria Regional Eleitoral, Pablo Bogéa Pereira Santos.

De acordo com a Resolução Conjunta PRE/PGJ-MA n° 01/2019, a unificação de datas de início e término dos mandatos propicia melhor organização do exercício da função eleitoral, além de facilitar as ações de aperfeiçoamento funcional e identificação, controle e acesso das informações pela Procuradoria Regional Eleitoral.

O documento estabelece que o primeiro biênio fixo ocorrerá de 1° de novembro de 2019 a 31 de outubro de 2021. O início dos biênios sempre será iniciado em 1° de novembro dos anos ímpares. A indicação dos promotores para o exercício das funções eleitorais deverá ser feita pelo procurador-geral de justiça até o dia 1° de outubro dos anos ímpares.

No caso dos mandatos em andamento que terminarem após o início do primeiro biênio fixo, um promotor de justiça sucessor assumirá um mandato complementar que se encerrará, impreterivelmente, em 31 de outubro de 2021.

No período de 90 dias antes das eleições até 15 dias depois da diplomação dos eleitos, fica vedado o gozo de férias ou licença voluntária pelos promotores de justiça com funções eleitorais, salvo em situações excepcionais autorizadas pelo procurador-geral de justiça.

Para Luiz Gonzaga Coelho, a resolução conjunta é um importante instrumento de organização da função eleitoral exercida pelos promotores de justiça. “Com essa uniformização, poderemos organizar melhor a atuação dos membros do Ministério Público, além de oferecer cursos e treinamentos específicos sobre a temática eleitoral, por exemplo, antes do início das atividades dos promotores de justiça”, avaliou.

Bolsonaro troca Joice Hasselman por Eduardo Gomes como líder do governo no Congresso

O senador Eduardo Gomes (MDB-TO) durante pronunciamento em comissão do Senado — Foto: Marcos Oliveira/ Agência Senado

O presidente Jair Bolsonaro decidiu nesta quinta-feira (17) tirar a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) do comando da liderança do governo no Congresso e substituí-la pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO). 

A deputada assinou a lista de apoio à manutenção do deputado Delegado Waldir (GO) na liderança do PSL na Câmara dos Deputados, o que contrariou o governo. O presidente Jair Bolsonaro queria no posto um dos filhos, o deputado Eduardo Bolsonaro. Uma gravação de conversa telefônica do presidente mostra Bolsonaro articulando para destituir Delegado Waldir. Mas Waldir obteve na bancada do PSL mais assinaturas de apoio que Eduardo Bolsonaro e foi mantido no posto. 

Com a escolha de Eduardo Gomes, o governo passa a ter dois líderes do MDB – o outro é Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), líder do governo no Senado. 

“Vou para liderança do governo honrado com o convite do presidente e comprometido com a pauta que já vinha defendendo: ajudar o país no exercício das pautas importantes, como a [reforma da] Previdência e a [reforma] tributária. Tenho ótima relação tanto com presidente da Câmara quanto do Senado. Não entro na briga interna de partidos”, afirmou Gomes ao repórter Nilson Klava, da GloboNews. 

Horas após a confirmação da substituição de Joice Hasselman por Eduardo Gomes, o porta-voz do presidente da República, Otávio Rêgo Barros, divulgou a seguinte nota: 

“Sendo uma prerrogativa do presidente da República escolher seus líderes para representar o governo no Poder Legislativo, será encaminhada mensagem ao Congresso Nacional informando a substituição da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO) na função de líder do governo naquela casa legislativa.” 

Ultrapassado, Zé Genésio mais atrapalha que ajuda o filho em Pinheiro

Zé Genésio

Zé Genésio não conseguiu acompanhar a modernização da política e se tornou obsoleto, antiquado, arcaico…

O ex-prefeito de Pinheiro nos anos 90, José Genésio Mendes Soares, mais conhecido como Zé Genésio – pai do atual prefeito Luciano – se tornou ultrapassado no jeito de fazer política há alguns anos.

Perdeu o tato político, sua maior virtude é atacar reputações em programas de TV e rádios. Zé não consegue debater e nem produzir! Se tornou obsoleto, antiquado, arcaico…

Nesta quinta-feira (17), por exemplo, o vetusto usou o Programa Ponto e Vírgula, da Rádio Difusora FM, para atacar a Senadora Eliziane Gama.

O motivo da investida contra a Senadora? Pelo fato dela ter subido no palaque do pré-candidato adversário no último final de semana em Pinheiro.

Quem acompanhou o discurso de Gama pôde perceber que Eliziane não atacou a gestão nem o prefeito Luciano, apenas defendeu o nome do candidato da oposição. Que é um direito de escolha que lhe convém.

Portanto, não existia necessidade de Zé Genésio ir para imprensa atacar a Senadora. Atitudes como essa do ex-prefeito só afetam o esforçado filho, que tem a missão de tentar a reeleição na maior cidade da baixada maranhense em 2020.

Via Blog do Domingos Costa.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén