Bomba, bomba e bomba! governo retira R$ 19 milhões do FUMACOP para usar de forma eleitoreira via programa Trabalho Jovem

Governador Carlos Brandão ao lado do atual secretário de Industria e Comércio Cassiano Júnior. Programa Trabalho Jovem é vinculado a pasta.

Enquanto o Ministério Público do Estado ‘dorme’ no dever constitucional, o governador Carlos Brandão vem promovendo um verdadeiro derrame de dinheiro público para garantir apoios por todo Maranhão.

Depois de liberar milhões em emendas através do chamado ‘orçamento secreto’, o governo retirou cerca de R$ 19 milhões do Fundo Maranhense de Combate à Pobreza (FUMACOP) para iniciar a captação de votos da juventude através do programa Trabalho Jovem.

A informação consta em edição publicada no Diário Oficial do Estado no último dia 4 de julho.

Governo retira R$ 19 milhões do FUMACOP para usar de forma eleitoreira via programa Trabalho Jovem.

O programa teve início no governo Flávio Dino em 2020 e é vinculado a Secretaria de Estado de Industria e Comércio – SEINC.

A pasta é atualmente comandada por Cassiano Pereira Júnior, aliado de primeira hora do governador Carlos Brandão.

Além de Cassiano Júnior, um assessor de um deputado estadual é quem estaria sob coordenação do programa. A nomeação do assessor para cargo de chefia serviu como moeda de troca utilizada pelo governo para garantir apoio do deputado.

Hoje, este mesmo assessor usa o programa de forma eleitoreira, afim de cooptar votos tanto para Carlos Brandão quanto para o deputado, além de tentar se projetar politicamente em sua cidade de origem.

Anteriores

“A verdade prevaleceu”, diz Luciano Genésio sobre arquivamento do seu processo de afastamento 

Próximo

André Fufuca é apontado na lista dos mais influentes do Congresso Nacional

  1. Daniel

    Só pegar a relação de funcionários que a maioria é de Coroatá, cidade do suplente de vereador.

  2. ALBERTO JORGE DE SOUSA RIBEIRO

    Política é isso aí. É a arte de enganar o povo e aínda acharmos que estamos sendo privilegiados com bons representantes. Ora, não me compre um bode. Acredita neles pra vc ver.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén