Maldine Vieira

Poder e Cotidiano

Page 2 of 251

Didi do PP participa de evento na Vila Luizão

Didi do PP participa de evento na Vila Luizão
Didi do PP participa de evento na Vila Luizão

O empresário e pré-candidato a vereador da capital maranhense José Luna conhecido popularmente como Didi do PP, participou na noite deste domingo, 15, do tradicional lava-pratos do Bairro Vila Luizão em São Luís. A festa aconteceu na Rua João Alberto (próximo à UPA).

Nesta edição, a festa teve como atração principal a Mega Show, Dj Adeilton, Dj Leno, Don Secreto, Marquinhos e Jodielson Lima participaram do evento. O lava-pratos consagrado como o melhor pós carnaval da região metropolitana. 

Didi do PP participa de evento na Vila Luizão
Didi do PP participa de evento na Vila Luizão

Didi do PP elogiou a organização do lava-pratos, agradeceu a todos pelo convite e destacou a atenção do deputado federal André Fufuca nas manifestações culturais do estado.

Escândalo! homem descobre que é usado como laranja em esquema de empresa fantasma de Leonardo Sá

Um verdadeiro escândalo acaba de bater à porta do médico e deputado estadual Leonardo Sá.

A questão envolve a abertura de duas empresas fantasmas, uma com endereço de São Bento e a outra em Pedro Rosário, pois o nome que foi utilizado para esse procedimento sequer tinha conhecimento que era empresário.

Segundo boletim de ocorrência, um cidadão ao se apresentar no SEBRAE para buscar orientações de como abrir um negócio, foi surpreendido ao ser informado que já havia essas duas empresas em seu nome, sendo que em uma delas, a Compeet – Serviços Administrativos de Saúde é justamente a que o médico José Eduardo Sarmento Pires Sá é empregado.

Perplexo e indignado com a informação, o mesmo procurou a delegacia e deve entrar com uma ação onde pretende desmontar o esquema, em sua “investigação” descobriu que os endereços das duas empresas são de responsabilidade do Dep. Estadual Leonardo Sá. As investigações devem apurar o caso.

Prefeito André Dourado realiza entrega de material esportivo para atletas do JEM’s

A Prefeitura de Carutapera promoveu nesta quinta-feira (12), solenidade de entrega de materiais esportivos para os atletas que representarão o município nos Jogos Escolares Maranhenses (JEM’s).

A entrega dos materiais foi realizada no gabinete do prefeito André Dourado, e contou com a presença da Secretária de Educação, Professores e alunos/atletas.

Na ocasião foram entregues materiais de primeira qualidade com o foco de fomentar os esportes educacionais na cidade, incluindo o maior número possível de modalidades, com o objetivo de fortalecer o esporte carutaperense, de forma saudável e inclusivo.

Prefeito de Ribamar quer endividar Município em R$ 20 milhões para garantir a reeleição

Pré-candidato a reeleição, o prefeito Eudes Sampaio (PTB), do município de São José de Ribamar, na região metropolitana de São Luís, encaminhou para Câmara de Vereadores projeto de lei (veja aqui), através do qual ele solicita do Parlamento autorização para contrair, junto a Caixa Econômica Federal, empréstimo no valor de R$ 20 milhões.

Sampaio assumiu o comando da cidade em março do ano passado, após o então prefeito Luis Fernando Silva, eleito em 2016, renunciar ao cargo pela segunda vez (reveja e reveja) para abrigar-se no governo Flávio Dino (PC do B).

Desde então, o petebista, com o objetivo de tentar renovar o mandato em outubro, vem se movimentando para driblar a estratosférica rejeição popular que pesa sob sua administração (reveja).

De acordo com a mensagem do prefeito anexada ao projeto, a operação de crédito, caso seja aprovada pelos vereadores, se dará no âmbito do programa Pró-Transporte, do Ministério do Desenvolvimento Regional.

O dinheiro, segundo Eudes, será empregado em obras de qualificação viária e elaboração do Plano Municipal de Mobilidade Urbana, de modo a assegurar “o direito de ir e vir dos cidadãos ribamarenses e de todos que transitam no território de São José de Ribamar”.

Vice-prefeito do município por seis anos consecutivos – ele foi vice do ex-prefeito Gil Cutrim – tendo exercido, ainda, o cargo de secretário municipal da Receita por sete anos, Eudes afirmou que, em um ano como titular da Prefeitura, pôde constatar que a principal reivindicação dos moradores é a melhoria das condições das vias.

O referido projeto de lei ainda não começou a tramitar nas Comissões Temáticas da Câmara.

Alguns vereadores irão realizar as consultas necessárias para verificar a legalidade do pedido, uma vez que trata-se de um ano eleitoral e o prefeito tentará se reeleger. Além disso, o dispositivo pode contribuir, sobremaneira, para endividar a Prefeitura.

Modos operandi – Em 2018, o então prefeito Luis Fernando, tentou, sem sucesso, obter autorização da Câmara Municipal e, desta forma, contrair perante a Caixa empréstimos que, juntos, somavam a bagatela de R$ 60 milhões.

No projeto de lei nº 1171, LF solicitava R$ 30 milhões que, de acordo com ele, seriam empregados no programa Avançar Cidades, criado com o objetivo de pavimentar ruas e avenidas.

Já por meio do projeto nº 1169/18, o gestor pleiteava outros R$ 30 milhões que seriam investidos no programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (FINISA), instituído para o custeio de obras de infraestrutura urbana.

Ambos foram rejeitados pelos vereadores sob a alegação de que os dispositivos irão endividar, ainda mais, o município. 

Assembleia realiza em Pinheiro audiência pública para discutir problemas nos ferryboats

Assembleia realiza em Pinheiro audiência pública para discutir problemas nos ferryboats

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias da Assembleia Legislativa realizou, na tarde desta terça-feira (10), no município de Pinheiro, audiência pública para tratar sobre a situação do serviço de ferryboat, que faz a travessia do Terminal da Ponta da Espera, em São Luís, ao porto do Cujupe. Na audiência, presidida pela deputada Thayza Hortegal (PP), foram cobrados avanços e melhorias no atendimento desse transporte, que é um dos mais importantes meios de acesso entre a capital e a Baixada Maranhense.

Também participaram da audiência, realizada no Plenário Vereador Arimatéa Nunes, da Câmara Municipal de Pinheiro, o prefeito do município, Luciano Genésio; o superintendente regional da Secretaria de Estado de Articulação Política, Penaldon Jorge; o diretor da Internacional Marítima, José Roberto Francisconi; o vice-presidente da  Comissão de Direito Marítimo Portuário e Aduaneiro da OAB-Ma, advogado Carlos Nina; o presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB), Lawrence Melo; o diretor de Fiscalização do Procon, Eduardo Garcia;  o representante da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Marcelo Coelho; além de vereadores, membros da sociedade civil organizada e usuários.

Segundo Thayza Hortegal, a audiência foi motivada devido a uma série de problemas verificados na qualidade do serviço prestado pelas empresas de ferryboat, denunciados no Parlamento Estadual. Destacou ainda que a reunião foi importante para dar voz principalmente à população usuária do serviço, que faz a travessia diariamente.

“Desde o primeiro momento do meu mandato, eu tive a responsabilidade de levantar essa bandeira e as questões que envolvem o transporte aquaviário por ferryboat. E o apoio do presidente da Assembleia, Othelino Neto, e dos demais deputados tem contribuído significativamente para essa causa tão nobre visando ao bem-estar da população da Baixada Maranhense”, disse a parlamentar, que é usuária frequente do serviço de ferryboat.

Na ocasião, a parlamentar também elogiou o governador Flávio Dino pela intervenção realizada na empresa Serviporto, uma das que prestam o atendimento na área, e por determinar a execução de licitação no sistema de ferryboat no Estado. Ela ressaltou ainda que houve algumas melhorias nos serviços, mas que a real qualidade que a população tanto espera ainda não veio a contento.

“Por isso realizamos essa audiência: para encontrarmos uma solução, pois sabemos da necessidade e da importância desse transporte para os usuários. Agora, após ouvirmos reclamações e sugestões dos presentes, vamos elaborar um relatório que será encaminhado ao governo do Estado. com sugestões que irão contribuir para a elaboração do edital de licitação.”, afirmou.

Sugestões

Das sugestões apresentadas constam a colocação de embarcações extras, agendamento pela internet dos carros que aguardam para a travessia, a obrigatoriedade de uma equipe preparada para socorrer os usuários em situação de emergência, a instalação de postos médicos nos terminais, assentos mais confortáveis, a redução no tempo de espera dos automóveis que estão sem passagens, a instalação de posto de vendas de passagens em municípios da Baixada e caixas eletrônicos nos pontos de embarque.

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, falou sobre a importância dos serviços que atendem milhares de usuários do transporte aquaviário. Ele considerou relevante a parceria da Assembleia Legislativa, do governo do Estado e Prefeitura de Pinheiro, em prol das pessoas que utilizam o serviço. “A audiência foi uma oportunidade para ouvirmos os relatos dos usuários e buscarmos as melhorias desejadas”, frisou.Biaman Prado

A audiência pública realizada em Pinheiro contou com a presença de representantes da sociedade civil

A audiência pública realizada em Pinheiro contou com a presença de representantes da sociedade civil

De acordo com o diretor da Internacional Marítima, José Roberto Francisconi, a audiência pública foi uma oportunidade para discutir o assunto de forma mais abrangente com os usuários. “Na Ouvidoria da empresa não existem reclamações dos serviços. Aguardamos do governo do Estado a previsibilidade do contrato para realizarmos mais investimentos”, disse.

O presidente da MOB, Lawrence Melo, destacou que o processo de licitação já está sendo providenciado pelo Governo do Estado. “A expectativa é que o edital do certame seja lançado na próxima semana”, afirmou.

Carlos Nina destacou que a audiência pública foi fundamental para a Baixada. Ele lamentou não haver uma estrutura digna para os usuários, tanto na Ponta da Espera, quanto no Cujupe. “A audiência foi importante por ser um momento que as empresas prestadoras dos serviços puderam falar aos usuários sobre as suas dificuldades e, também, para os usuários reclamarem e reivindicarem um melhor atendimento. O importante é que essa audiência tenha consequências positivas e que resulte efetivamente em melhorias dos serviços, inclusive, quanto à comodidade, conforto, higiene e segurança, tanto nas embarcações, quanto nos locais de embarque e desembarque”, acentuou.Biaman Prado

A população da Baixa foi ouvida na audiência, apresentando reclamações e sugerindo melhorias ao transporte de ferryboat

A população da Baixa foi ouvida na audiência, apresentando reclamações e sugerindo melhorias ao transporte de ferryboat

Reclamações

Durante a audiência pública, os usuários aproveitaram a oportunidade para fazer reclamações, pontuando diversos aspectos observados no atendimento.

“Eu utilizo o ferryboat porque só tenho essa opção. Ir pela estrada é muito mais demorado. Então, a gente usa aqui por ser uma viagem mais rápida, entretanto, quando chegamos na embarcação, há muita falta de orientação e insegurança”, disse a enfermeira Dulcilene Araújo.

O vendedor autônomo Antônio Araújo da Costa, morador de São Luís, disse que toda semana se desloca para a Baixada pelo ferryboat, mas não se sente confortável. “Algumas embarcações são antigas e precisam ser substituídas imediatamente antes que algo grave aconteça com os passageiros. Espero que essa audiência pública traga melhorias para os usuários”, pontuou.

Debates

Por diversas vezes, os parlamentares Wellington do Curso, Tayza Hortegal, Dr. Yglesio, Duarte Júnior, Zé Inácio Lula (PT), dentre outros, utilizaram a tribuna da Assembleia Legislativa para reclamar dos serviços que são oferecidos pelas empresas Servporto e Internacional Marítima, visando à busca de soluções aos problemas verificados nesse meio de transporte.

Como reflexo dessas demandas, em meados de fevereiro deste ano, o governador Flávio Dino determinou que fosse realizada licitação no sistema de ferryboat, que funciona na Baia de São Marcos. Além da abertura de processo licitatório, o chefe do Executivo maranhense também editou decreto autorizando a intervenção no serviço de transporte intermunicipal aquaviário realizado pela empresa Serviporto.

Justiça concede saída temporária de Quaresma para 568 presos no Maranhão

A Justiça do Maranhão concedeu saída temporária de Quaresma a 568 detentos regime semiaberto do sistema prisional do Maranhão, segundo decisão da 1ª Vara de Execuções Penais de São Luís. 

A saída temporária de Quaresma substitui a saída de Páscoa. O motivo, segundo o juiz Márcio Brandão, é a proximidade da Páscoa com o Dia das Mães (10 de maio). A Lei de Execuções Penais exige o mínimo de 45 dias de intervalo entre dois períodos de benefício. 

A saída temporária tem início nesta quarta-feira (11), a partir das 9h, com retorno até as 18h do dia 17 de março. Caso sigam todas as prerrogativas do benefício, os presos também estarão aptos às demais saídas temporárias de 2020 (Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal). 

Os presos beneficiados com a saída temporária não poderão:

  • Ausentar-se do estado do Maranhão
  • Não podem ingerir bebidas alcoólicas
  • Não podem portar armas ou frequentas festas, bares e similares

Regime semiaberto

O regime semiaberto ocorre para condenações entre quatro e oito anos, não sendo casos de reincidência. Nesse regime de cumprimento de pena, a lei garante o direito de trabalhar e fazer cursos fora da prisão durante o dia, devendo retornar à unidade penitenciária à noite.

CPI da Educação ouve Procon e Conselho de Educação sobre práticas abusivas adotadas por escolas particulares

CPI da Educação ouve Procon e Conselho de Educação sobre práticas abusivas adotadas por escolas particulares
A presidente do Procon/MA, Adaltina Queiroga, foi a primeira a prestar esclarecimentos aos parlamentares.

A CPI da Educação realizou a segunda reunião de trabalho, na tarde desta terça-feira (10), na Sala das Comissões, sob a presidência do deputado Roberto Costa (MDB) e com a presença dos deputados Fernando Pessoa (Solidariedade), Rafael Leitoa (PDT), Wendel Lajes (PMN) e Zito Rolim (PDT). Os parlamentares ouviram a presidente do Procon do Maranhão, Adaltina Venâncio de Queiroga e, em seguida, a presidente do Conselho Estadual de Educação do Maranhão, Soraia Raquel Alves da Silva. O defensor público Luís Otávio Rodrigues de Moraes Rêgo, do Núcleo de Defesa do Consumidor, acompanhou a reunião.

Ação Civil Pública

Ao ser inquirida pelos parlamentares, Adaltina Queiroga disse que o Procon vem recebendo denúncias de práticas abusivas de escolas particulares e, ao longo do ano passado, intensificaram-se as reclamações referentes ao sistema bilíngue, o que levou o órgão, em parceria com o Ministério Público Estadual, a ajuizar uma ação civil pública contra 33 colégios que tiveram suas práticas individualizadas.

“Não avançamos mais em nossa ação porque nos sentimos travados, sob o argumento de que a questão de sistema bilingue é uma situação que remete ao aspecto pedagógico e que, para tanto, não temos competência para atuar. Constatamos que têm escolas que comercializam o material escolar com o mesmo CNPJ da instituição do sistema de ensino. Além disso, são muitas as denúncias que recebemos envolvendo práticas abusivas de escolas da rede privada de ensino”, afirmou.

Adaltina Queiroga comprometeu-se a disponibilizar para a CPI o material investigativo coletado pelo órgão. “Nossa expectativa é que essa CPI nos propicie instrumentos que nos permitam a continuidade do nosso trabalho de fiscalização e punição de práticas irregulares cometidas por escola da rede privada”, complementou.Elias Auê / Agência Assembleia 

A presidente do Conselho Estadual de Educação, Soraia Raquel, foi a segunda a falar durante a CPI

A presidente do Conselho Estadual de Educação, Soraia Raquel, foi a segunda a falar durante a CPI

Resolução do Conselho

Por sua vez, Soraia Raquel revelou que o Conselho Estadual de Educação elaborou a Resolução 84/2020, que estabelece normas para o funcionamento de escola bilingue, escola Internacional e programa bilingue da educação básica. “Essa norma é fruto de uma discussão e estudo dessa questão, envolvendo o Procon, Sindicato das Escolas Particulares e pais de alunos. Inclusive o CEE criou a Comissão de Escolas Bilíngues para acompanhar de perto essa questão, no que se refere ao aspecto pedagógico que remete ao Projeto Político Pedagógico (PPP) das escolas”, esclareceu.

Soraia disse que a resolução do Conselho Estadual de Educação conceitua escola bilíngue como aquela onde os alunos falam duas línguas, vivenciadas por meio de experiências culturais, em diferentes contextos de aprendizado e números diversificados de componentes curriculares, de forma que incorpore, ao longo do tempo, o novo código linguístico como se fosse sua língua nativa. “O Conselho só reconhece a existência de uma escola com esse perfil no Estado do Maranhão”, afirmou.

Soraia disse ainda que a Resolução do Conselho Estadual de Educação concebe Escola Internacional como sendo a que desenvolve o currículo da língua do país estrangeiro que representa e o do Brasil, propiciando ambiente de ampla imersão nos dois idiomas. Por fim, Programa Bilíngue foi definido como aquele que oferece atividades de enriquecimento curricular na língua estrangeira adotada, com ampliação da carga horária para ministrar o referido idioma, sem configurar-se como escola bilingue, na qual o ensino em língua estrangeira é desenvolvido de forma integrada em toda a proposta curricular.

Adequação

Soraia explicou ainda que a questão do sistema bilíngue surgiu a partir da adoção da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), em 2017, relativa à Educação Infantil e ao Ensino Fundamental. “Nossa Resolução estabelece o prazo até 29 de maio deste ano, para que as escolas encaminhem ao Conselho Estadual de Educação a adequação do PPP às diretrizes da BNCC. Para tanto, estamos notificando todas as escolas”, revelou.

Avaliação

O presidente da CPI avaliou a reunião como muito produtiva e destacou que há avanços nos esclarecimentos das denúncias que motivaram a CPI. “Vamos analisar o material já colhido e definir as convocações a serem feitas para a próxima reunião. As contribuições do Procon e do Conselho Estadual de Educação foram relevantes”, afirmou Roberto Costa.

Rafael Leitoa afirmou que a reunião foi muito proveitosa, pois agregou conhecimento à CPI. “Vamos partir agora para as oitivas com os pais de alunos e donos de escolas e nos debruçar no material coletado até aqui”, acrescentou.

“Os esclarecimentos do Procon e do CEE foram de grande importância para esta CPI. Aqui foram adicionadas informações relevantes sobre o objeto de investigação que definimos”, avaliaram os deputados Fernando Pessoa e Zito Rolim.

A próxima reunião está marcada para o dia 17, às 14h30, na Sala das Comissões.

Rubens Jr garante investimentos para reforçar atuação do Procon no Maranhão

Para reforçar a atuação do Procon (MA), o deputado federal licenciado, e atual secretário estadual de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), Rubens Júnior (PCdoB), destinou emenda parlamentar para ajudar nas ações de fiscalização do órgão. Foi entregue, nesta segunda-feira (09), o veículo modelo Ford Ranger à presidente do Procon, Adaltina Queiroga, e ao secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (SEDIHPOP), Francisco Gonçalves.

Rubens Pereira Jr. ressaltou que seus mandatos de Deputado Federal já destinaram emendas parlamentares para vários órgãos do governo Flávio Dino, entre elas, a Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedipop), Secretaria da Mulher, Secretaria de Transparência e Controle, e também, para o Procon.

“Nossa primeira emenda parlamentar para o Procon. Ficamos muito felizes pela entrega deste equipamento, que vai contribuir para melhorar a estrutura, aumentar mais os serviços para a população do Maranhão e reforçar o trabalho de defesa dos consumidores”, destacou o deputado federal licenciado.

A presidente do órgão, Adaltina Queiroga, explica que além da aquisição do veículo, parte da emenda parlamentar de R$ 200 mil será utilizada para viabilizar a aquisição de outros equipamentos eletrônicos, de consumo diário e também de proteção individual (EPI’s) a serem utilizados pelos fiscais.

“A aquisição deste veículo será de grande importância para os trabalhos de fiscalização na Grande Ilha e no interior do estado, de forma que o maior beneficiado é o cidadão e o consumidor maranhense”, destacou Adaltina.

O secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, pontuou que Rubens tem sido um forte parceiro da área de Direitos Humanos. “E agora registra esse importante fortalecimento dos serviços do Procon. Essa emenda é um incentivo ao trabalho e fortalecimento do serviço do órgão para o Estado”, disse.

Kits de Irrigação

Para comemorar o Dia Nacional da Consciência Negra, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Igualdade Racial (SEIR), realizou um ato público para fortalecer a inclusão produtiva e o desenvolvimento local, foram 50 kits de irrigação para agricultura familiar, que beneficiaram 250 famílias de 47 comunidades quilombolas nos municípios de Santa Rita, Itapecuru, Alcântara, São Mateus, Peritoró, Anajatuba e Icatu.

Com capacidade para irrigar uma área de 1000 m², foram entregues kits de irrigação, fruto de emenda parlamentar do então deputado federal Rubens Jr.

Para Rubens, ajudar na ampliação de renda, garantia de direitos e geração de novos negócios e uma forma minimizar o atraso histórico que o país tem com a população negra.

“Eu fico com uma felicidade em especial, afinal de contas, os kits foram adquiridos via emenda parlamentar do período em que estava no mandato na Câmara dos Deputados. E essa tem sido uma determinação do governador Flávio Dino: buscar parcerias inclusive em Brasília, para ampliar a questão da concessão de direitos no Maranhão”, destacou na época.

Ivaldo Rodrigues de volta a câmara municipal de São Luís

Na manhã desta segunda-feira (09), Ivaldo Rodrigues (PDT), reassumiu seu mandato de vereador na Câmara Municipal de São Luís, o qual foi eleito em 2016 e naturalmente irá buscar a reeleição em 2020. Nos últimos três anos ele esteve à frente da Semapa, onde promoveu uma série de transformações no setor.

Ivaldo Rodrigues de volta a câmara municipal de São Luís
Ivaldo Rodrigues de volta a câmara municipal de São Luís

Além da Feirinha São Luís, Ivaldo deu um dinamismo jamais visto para o setor produtivo da capital maranhense. A zona rural passou a ser um exportador de produtos, que até então boa parte da população ludovicense nem conhecia.

Ivaldo Rodrigues gerou oportunidade, gerou emprego, concedeu um novo momento ao setor produtivo.

A sessão solene realizada no plenário da Câmara Municipal dos vereadores de São Luís, contou com a presença expressiva de vereadores da casa.

Em seu discurso na Câmara, Ivaldo agradeceu a Deus, ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

“Estar no executivo é uma parte da minha história que escrevo com muita alegria e suor, resultando em grande aprendizado e resultados”, declarou.

“O sentimento mais forte que resume esse período é o de gratidão. Ao prefeito Edivaldo principalmente, e todo o setor produtivo e de abastecimento da capital do Maranhão, meu muito obrigado pela oportunidade e confiança”, destacou Ivaldo.

Ele ainda completou: “Foi uma enorme satisfação somar esforços na gestão municipal a frente da Semapa, onde tive o privilégio de executar ações de extrema importância para a população de São Luís. Deixei a Semapa com a sensação de dever cumprido e o coração leve; e hoje dia 09 de março retorno à Câmara de Vereadores com um olhar ainda mais atento e carinhoso pela cidade”, finalizou Ivaldo Rodrigues.

Pinheiro: após sucesso do carnaval, prefeito Luciano inicia mais uma etapa do programa “Pró-asfalto”

Depois de mais um sucesso no Carnaval de Pinheiro, o prefeito Luciano botou outro bloco na rua. Desta vez, o trio elétrico, as bandas e os blocos que fizeram a alegria do folião, deram lugar às maquinas para mais uma etapa do programa “Pró-asfalto”, que conta com recurso próprio e tem como meta pavimentar e recuperar cerca de 50km de ruas em Pinheiro.

Estão sendo beneficiados nessa etapa as localidades de  Centro, Fomento, Campinho, Vila Tony Ferreira, AABB, Alcântara, Antigo Aeroporto, Bairro Bobalina entre outros.

O prefeito Luciano e o secretário de Infraestrutura, João Batista Segundo, estiveram inloco para acompanhar o andamento das obras de pavimentação e tapa-buracos. “Nosso trabalho não para. Estamos avançando a cada dia com o Programa “Pró-asfalto” e temos certeza que iremos cumprir a meta do programa que é colocar 50km de asfalto em Pinheiro”, afirmou Luciano.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén