Maldine Vieira

Poder e Cotidiano

Mês: julho 2018 (Page 1 of 7)

Preso suspeito de extorquir comerciantes que tinham caça-níqueis em São Luís; Polícia investiga militares no esquema

Vigilante José Arnaldo Soares foi preso por suspeita de extorsão a comerciantes.

Vigilante José Arnaldo Soares foi preso por suspeita de extorsão a comerciantes.

A Polícia prendeu na manhã desta terça-feira (31) o vigilante José Arnaldo Soares, de 35 anos. Ele é suspeito de extorquir dinheiro de comerciantes que possuem máquinas de caça-níqueis em bares e mercados de São Luís. Ele será encaminhado para a Penitenciária de Pedrinhas e vai responder por furto qualificado mediante fraude, usurpação de função pública e associação criminosa.

As investigações indicam que comerciantes de vários bairros da região metropolitana de São Luís foram vítimas de extorsão, mas não denunciavam porque estão envolvidos em jogos de azar, o que também é ilegal.

Além de José Arnaldo, a polícia investiga a participação de possíveis policiais civis e militares baseado em informações que apontam homens se identificando como policiais aos comerciantes e exigindo dinheiro para não apreender os caça-níqueis.

“Nós iniciamos uma investigação para apurar os fatos e descobrimos que esses indivíduos já tinham sido presos por esse tipo de crime, inclusive com envolvimento de policiais militares. Então nós chegamos a autoria de todos eles, representamos pela prisão preventiva e hoje demos cumprimento ao prender o José Arnaldo”, informou o delegado Paulo Vitor.

No caso de José Arnaldo, a polícia chegou até ele depois que a proprietária de um estabelecimento fez uma denúncia. Todos os integrantes do grupo já foram identificados, mas outras pessoas podem estar envolvidos no esquema.

Via G1;MA

Açailândia: município é condenado a indenizar mãe que perdeu filha por falha no atendimento médico

Falha no atendimento médico ocorreu no Hospital Municipal SESP, em 2013

Falha no atendimento médico ocorreu no Hospital Municipal SESP, em 2013.

Uma sentença da 1a Vara Cível da Comarca de Açailândia condenou o Município ao pagamento de indenização por danos morais no valor de 200 (duzentos) salários-mínimos, em favor de uma mãe cuja filha recém-nascida morreu após ter sido atendida no Hospital Municipal SESP. A mãe requereu a condenação do Município de Açailândia ao pagamento de indenização por danos materiais e morais, em razão de suposta falha no atendimento médico prestado no Hospital Municipal SESP, que teria ocasionado o falecimento da criança. A sentença tem a assinatura do juiz Anderson Borges, respondendo pela unidade judicial.

Na ação, a mãe alegou ter dado entrada em 24 de dezembro de 2013 no referido hospital municipal, já em trabalho de parto e com sangramento evidente. Relatou que o atendimento somente foi iniciado cerca de 2 horas após sua chegada ao hospital, e que teria passado mais de 10 horas sem o atendimento médico adequado, tendo se submetido à cesariana somente na manhã do dia 25 de dezembro de 2013. Pontuou que a criança nasceu com dificuldade respiratória e que mais uma vez teria havido demora no atendimento da recém-nascida, sendo esta levada ao Hospital de Imperatriz no dia 26 de dezembro de 2013, vindo a óbito antes mesmo que conseguisse ser internada na Unidade de Terapia Intensiva.

O município apresentou contestação apontando que a parte autora não teria comprovado a ocorrência de erro médico na ocasião em que foi internada no Hospital Municipal SESP. Sustentou que a mãe foi acompanhada durante todo o tempo que esteve no hospital, em especial durante o período que deu entrada e durante a realização do parto, e que durante o acompanhamento não houve nenhum sinal de sofrimento fetal e/ou outra indicação para cesariana, que não houve demonstração de culpa do médico que atendeu a paciente, tampouco do hospital. Pediu a condenação da parte autora por litigância de má-fé, bem como a improcedência dos pedidos constantes na ação.

Segundo analisou o magistrado, de acordo com parecer técnico e outros elementos de prova constantes do processo, foi demonstrado que não houve atendimento adequado da parturiente quando do seu comparecimento ao hospital nos dias 24 e 25 de dezembro de 2013. “É inegável a dor causada à genitora pela perda de um filho e esta se mostra ainda mais insuportável quando deriva da má prestação do serviço público de saúde, serviço que, ressalte-se, é pago por todos nós através da pesada carga tributária que nos é imposta pelo Estado brasileiro, em observância ao Princípio da Solidariedade, exposto na Constituição de 88”, observou.

“A gravidez é indubitavelmente estado que coloca a gestante em profunda situação de esperança: espera-se o desenvolvimento saudável e tranquilo do filho ainda no ventre da mãe; espera-se que nasça com plena condição física; espera-se que se desenvolva no seio da família e da sociedade com alegria e felicidade; espera-se que se constitua um cidadão honesto, respeitador, trabalhador e digno”, sustentou Anderson Mota.

Para o magistrado, são legítimos e plenamente naturais os planos que uma mãe faz para seu filho, e frustrar esses desejos e sonhos em razão de um serviço público prestado (ou não prestado) de forma indigna configura atentado aos direitos humanos e uma das formas mais cruéis e insensatas de sofrimento que podem ser suportados pela gestante.

Dr. Thaiza lança candidatura durante mega convenção em São Luís

Após lançar seu nome como pré-candidata a deputada estadual e conquistar muita força e apoios importantes dentro do cenário político, a médica pediatra Thaiza se lança oficialmente como candidata em grandiosa  convenção no Multicenter Sebrae realizado neo último sábado.

Quase mil pessoas de Pinheiro, Chapadinha e São Luís acompanharam o lançamento oficial da Dra. Thaiza em clima de entusiasmo e encorajamento com a médica que hoje, é a primeira mulher a se candidatar para o pleito de deputada estadual como representante da baixada maranhense.

A médica chegou ao evento acompanhada do marido João Luciano, prefeito de Pinheiro, que agradeceu ao grupo político pelo apoio ao projeto da pediatra e falou da satisfaça de consolidar junto a esposa esse desafio: “a dra. Thaiza surge neste cenário com um nome forte, o nome de uma mulher, uma médica, uma boa mãe e uma boa esposa e acima de tudo chega pra somar com o Maranhão levantando especialmente a bandeira da saúde,” disse João Luciano.

Para Dra. Thaiza a consolidação desse projeto foi um momento muito especial e muito aguardado por ela e por todos os apoiadores que abraçaram a esperança de avançar com o Maranhão: “Começamos hoje a alavancada da nossa caminhada e fico muito feliz porque Deus está à frente desse projeto, Ele preparou e proporcionou esse grande momento. Esse é o pontapé inicial da renovação na política e o que pedimos nesse momento que o povo maranhense nos receba e acredite que iremos fazer um trabalho de grande evolução e de melhorias para a saúde do Maranhão que é a nossa principal bandeira, acredite que iremos fazer diferente,” disse Dra Thaiza.

MP pede quebra de sigilo bancário do prefeito de Cândido Mendes e mais dois advogados

Prefeito Mazinho Leite e advogada Edna Matos.

Prefeito Mazinho Leite e advogada Edna Maria Andrade.

A iluminação pública precária de dois povoados de Cândido Mendes motivou o Ministério Público do Maranhão (MPMA) a requerer, em Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa, a indisponibilidade dos bens e quebra de sigilos bancário e fiscal dos envolvidos nas irregularidades até o limite de R$ 148.320,00. O valor refere-se ao contrato firmado pelo Município com a empresa ICB Services.

Além do Município e da empresa, a lista de requeridos inclui o prefeito José Ribamar Leite de Araújo (mais conhecido como Mazinho Leite); a assessora jurídica da prefeitura, Edna Maria Andrade, e o advogado Igor Lima Castelo Branco, responsável pela empresa.

ABAIXO-ASSINADO

A ação, ajuizada em 18 de junho, foi formulada pelo promotor de justiça Marcio Antonio Alves de Oliveira, a partir de um abaixo-assinado encaminhado pelos moradores dos povoados de Barão de Tromaí e São José dos Portugueses ao MPMA, em 23 de agosto de 2017.

O MPMA constatou a precariedade da iluminação nos dois locais e verificou, ainda, irregularidades no procedimento licitatório realizado, em 2017, para contratação deste serviço.

Também foi observado que a advogada Edna Maria Andrade possui forte influência na administração municipal. Assessora jurídica da Prefeitura, ela é apontada como principal beneficiária de diversos contratos com o Município, sendo considerada “prefeita de fato”. O Ministério Público também constatou que ela atua de forma velada, por meio de empresas de fachada e em nome de “laranjas”.

Ré em outra Ação Civil Pública do MPMA, a assessora jurídica já foi acionada por nepotismo por manter cinco parentes em um cargo inexistente na estrutura do Município.

INCONSISTÊNCIAS

A sede da ICB Services é localizada em São Luís e não em Cândido Mendes. O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) verificou que a sede informada é somente uma área de matagal.

Segundo um funcionário da empresa, a manutenção da rede de iluminação é de responsabilidade do prefeito e da advogada Edna Maria Andrade. O funcionário encaminha a lista de materiais necessários à advogada e os materiais são entregues a ele.

Em abril deste ano, em reunião com o MPMA, representantes da Prefeitura informaram que a precariedade dos serviços de iluminação nos dois povoados eram decorrentes do fato de o funcionário da Prefeitura diretamente responsável pelos serviços estar acidentado.

PEDIDOS

Além da indisponibilidade dos bens, o MPMA requer a condenação dos réus ao ressarcimento integral do valor de R$ 148.320,00; à perda da função pública e à suspensão dos direitos políticos de oito a dez anos.

Outras penalidades requeridas são o pagamento de multa civil de até três vezes o valor do acréscimo patrimonial; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, mesmo que por meio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de dez anos.

O Ministério Público também solicita a condenação dos réus ao pagamento conjunto de danos morais de R$ 200 mil, a serem transferidos ao Fundo Estadual de Defesa dos Direitos Difusos.

Arraial fora de época da Feirinha São Luís reúne grande público nas férias

As férias de julho na Feirinha São Luís tiveram gosto especial de Arraial fora de época, com atrações culturais que expressam toda a diversidade do São João do Maranhão. Grupos folclóricos, como tambor de crioula, bumba-meu-boi de diversos sotaques, quadrilhas juninas, companhias de danças típicas da temporada, além dos talentos da terra que prepararam shows especiais com cantigas locais no repertório, alegram as manhãs de domingo dos visitantes da Feirinha, uma iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo, que acontece todos os domingos na Praça Benedito Leite.

Em sua 60 edições a Feirinha São Luís já recebeu cerca de 270 mil pessoas que geraram um capital circulante de quase R$ 14 milhões, além de gerar renda nos mais de 120 pontos de comercialização dentro e no entorno da Praça. No palco montado em frente à Associação Comercial já foram realizadas cerca de 370 apresentações culturais.

Além de ser uma opção de lazer para a população e turistas aos domingos, a Feirinha São Luís é uma oportunidade para que agricultores e artesãos possam comercializar seus produtos. O projeto é mais uma estratégia da Prefeitura de São Luís para o fortalecimento da agricultura familiar na capital, sendo um canal de escoamento da produção local, contribuindo com a melhoria na renda das famílias produtoras.

Para o coordenador do programa Feirinha São Luís, Ivaldo Rodrigues, a extensão do arraial para o mês de julho foi uma demanda que surgiu da própria população, e que por determinação do prefeito Edivaldo foi possível. “A média de público em cada edição dessa temporada de arraial fora de época da Feirinha São Luís foi de 10 mil pessoas, superando a expectativa da organização. A cada edição o programa cresce e é fortalecido em diversos aspectos, como fomento também à cultura e turismo da capital”, explica Ivaldo Rodrigues.

Felipe Damasceno é publicitário e natural de São Luís, ele mora com a esposa Aline Melo há 2 anos em Curitiba, e trouxe a pequena Eloá de 11 meses para conhecer a Feirinha São Luís. “Aqui é extremamente agradável, São Luís precisava disso. O melhor benefício acredito que seja poder fazer um programa familiar despreocupado, com segurança, além da geração de emprego, renda e movimentação no Centro Histórico. Vou indicar aos meus amigos de Curitiba para virem conhecer a Feirinha com certeza, quando estiverem em São Luís”, disse Felipe.

Nessa 60ª edição da Feirinha São Luís, a alegria do público ficou por conta de Teresa Canto, Boi Tremor da Campina, Quadrilha Flor da Amizade, Emanuel Jesus, além da anfitriã Banda da Feirinha e Centro Matroá de Capoeira Angola.

A Feirinha São Luís é um programa criado na gestão do prefeito Edivaldo, que acontece todos os domingos na Praça Benedito Leite – Centro Histórico, de 7h às 15h unindo agricultura, gastronomia, artesanato e artes plásticas, cultura, literatura, e turismo.

Astro apresenta sistema que agiliza trabalho legislativo na Câmara

Logo após o recesso parlamentar, em agosto, os vereadores ludovicenses vão retomar suas atividades tendo acesso à ordem do dia eletrônica, no próprio plenário, através de computadores portáteis all-in-one (cujo monitor agrega o HD, placas e afins), conectados em rede sem fio. A base de dados é alimentada pela Diretoria Legislativa da Casa e o projeto de informatização, que integrou diversos sistemas e bancos de dados para viabilizar a versão eletrônica da ordem do dia, será gerido pelo Departamento de Informática da Câmara de São Luís. No Brasil, apenas o Congresso Nacional usa essa tecnologia.

Na semana passada, o presidente Astro de Ogum (PR), apresentou a novidade ao seu sucessor na Presidência da Casa, vereador Osmar Filho (PDT), durante uma vistoria no momento em que os equipamentos estavam sendo instalados. O chefe do legislativo da capital explicou a iniciativa pioneira e afirmou que o sistema vai agilizar os trabalhos na Câmara.

Estamos cumprindo uma das metas que traçamos no início da nossa gestão que era a informatização do plenário e agilização dos trabalhos na Casa de Leis. A compra desses equipamentos bem como a reforma do prédio faz parte da política de renovação que implantamos aos assumir a presidência. Estamos investindo nos vereadores para que possam desempenhar melhor sua função prestando atendimento de qualidade à nossa comunidade”, relata Astro de Ogum.

Pauta eletrônica

O novo sistema permite aos parlamentares localizar itens em debate, consultar anexos, verificar textos relacionados e encontrar os avulsos de proposições, sem ter que manusear uma folha de papel sequer. O resultado é uma grande economia de papel. Antes desse novo serviço, nos dias de pauta de votações mais extensa, cada ordem do dia impressa chegava a ter algumas centenas de páginas. Agora, durante as deliberações, cada vereador poderá, sem sair de sua cadeira, acessar as mesmas informações através dos computadores portáteis instalados nas bancadas do Plenário.

O vereador Osmar Filho que a partir do ano que vem, assume o comando da Casa para o biênio 2019-2020, também destacou a iniciativa que permite a disponibilização dos documentos em tempo real, de acordo com as necessidades e o andamento da sessão plenária.

É louvável que a Câmara use a tecnologia para otimizar os seus trabalhos, colocando esta Casa entre as mais avançadas do país. A implantação do novo sistema, ou seja, da informatização do plenário, também vai ajudar a reduzir custos com o fim do uso do papel, melhorias para o meio ambiente, aumento na rapidez dos processos legislativos, melhoria no ambiente de trabalho, transparência e segurança às informações, localização rápida dos documentos gerados e maior agilidade no atendimento às partes interessadas”, afirmou Osmar.

Rede sem fio 

Além da instalação dos computadores portáteis visando agilizar os trabalhos em plenário, a Câmara também vai oferecer nova rede sem fio para uso nas dependências da Casa. Mais ampla e moderna, a chamada rede “wifi” permitirá que servidores e visitantes usem notebooks para acessar a Internet em todos os espaços do Palácio Pedro Neiva de Santana, sede do legislativo da capital.

Entre os principais beneficiados pela nova rede sem fio estão os jornalistas que fazem a cobertura diária das atividades parlamentares. De qualquer ponto da Câmara, será possível acessar a Internet para obter informações, fazer pesquisas e enviar textos para os diferentes veículos, como jornais e emissoras de televisão.

Eneas Neto, diretor do Departamento de Informática, disse as duas ferramentas devem ajudar muito o trabalho dos parlamentares que terão à disposição uma ampla gama de informações via Internet. Ele afirmou ainda que toda equipe do setor estará à disposição dos vereadores para atendê-los e dar suporte no que for necessário durante a adaptação do sistema.

Estamos utilizando um moderno sistema para acompanhar a Ordem do Dia e toda tramitação dos projetos na íntegra. Além disso, os vereadores terão à disposição a internet liberada para consulta, Regimento Interno, Lei Orgânica, Leis Municipais, Constituição Federal e tudo mais que for preciso. Será uma facilidade em plenário”, explica.

Comunicação ampliada

Todas essas novidades se somam às ações desenvolvidas também na área de comunicação como, por exemplo, as transmissões, ao vivo, das sessões da Casa por meio da Educadora e dos boletins informativos que de forma resumida e didática, apresenta as principais notícias sobre o legislativo municipal, nos intervalos comerciais da programação das rádios Jovem Pan, Mais FM, 92.3 FM e Mirante FM, com previsão de alcance de 6 milhões de ouvintes no estado.

Segundo a diretora de comunicação, Itamargareth Lima, ações na área de comunicação estão fazendo amplificar aquela que é a marca da gestão do presidente Astro de Ogum desde o início: reforço ao diálogo aberto, sincero e, permitindo à população participar cada vez mais das discussões da Casa.

Essas ações idealizadas pela gestão do presidente Astro estão sendo aprovadas não só pelos parlamentares, que hoje podem falar de seus projetos para o mundo através do rádio, mas pela própria população que hoje pode acompanhar todos os debates ao vivo através de seu rádio. Essa tem sido a marca de sua gestão: diálogo aberto e sincero em prol da população“, disse Itamargareth.

Câmara em Movimento

Em breve, outra importante iniciativa que vai aproximar a Câmara do cidadão é o programa Câmara em Movimento, iniciativa que a Casa pretende colocar em pratica com a aquisição de um ônibus que será denominado de “Expresso da Cidadania”. O projeto compreende a realização de sessões legislativas itinerantes e temáticas nas diversas regiões administrativas de São Luís, com o objetivo de ampliar o alcance e a efetividade dos mandatos parlamentares e criar oportunidades para aproximação entre a Câmara e a realidade vivida pela população.(ICL/IR)

ABSURDO! em turiaçu, diretor de hospital se nega a entregar atestado de óbito; veja o vídeo

Diretor do Hospital, João Carlos, se nega a entregar atestado de óbito.

Diretor do Hospital, João Carlos, se nega a entregar atestado de óbito.

Mais um caso revoltante envolvendo o descaso na saúde pública é registrado na cidade de Turiaçu-MA.

O fato aconteceu nesta quarta-feira (25), quando o diretor do Hospital Municipal Elvira Carvalho, identificado como João Carlos, foi flagrado se negando a entregar um atestado de óbito à familiares de uma criança que faleceu na unidade.

No vídeo, obtido com exclusividade pelo Blog do Maldine Vieira, a mãe aparece apresentando documentos ao diretor na intensão de conseguir o atestado. Mas, João Carlos afirma que só recebe requerimentos da promotoria e, entregues por um oficial de Justiça.

“Eu recebo o que vem da promotoria e do oficial de Justiça. O oficial é quem tem que vir me trazer todos os requerimentos” disse.

O mais absurdo é que o atestado é referente ao falecimento da criança que aconteceu no dia 6 de Junho.

De acordo com informações repassadas ao titular do blog, o diretor estaria todo esse tempo se negando a entregar o atestado por se tratar de mais um caso de negligência médica.

A mãe da vítima registrou Boletim Ocorrência (B.O) na Delegacia de Polícia Civil do município. O blog trará mais detalhes sobre o caso, aguardem !.

Veja abaixo:

Uniceuma é condenada a indenizar vítima de assalto em estacionamento

Uniceuma é condenada a indenizar vítima de assalto em estacionamento

Uniceuma é condenada a indenizar vítima de assalto em estacionamento.

O Centro Universitário do Maranhão (Uniceuma) foi condenado a pagar indenização, por danos morais, no valor de R$ 10 mil, e por danos materiais, no valor de R$ 12.145,00, a uma vítima de assalto no estacionamento da instituição de ensino superior. O entendimento unânime da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) manteve a decisão da juíza Alice Prazeres, da 16ª Vara da Comarca da Ilha de São Luís.

A autora da ação disse que entrou nas dependências da universidade, com o objetivo de efetuar pagamento de um boleto na agência do Banco Santander, localizada no interior da instituição. Afirmou que foi abordada, no estacionamento, por dois homens em uma moto, que a assaltaram e levaram todo o dinheiro.

A juíza de primeira instância atendeu em parte aos pedidos feitos pela autora e condenou o Uniceuma a pagar as indenizações fixadas, em valores corrigidos e com juros.

A instituição apelou ao TJMA, alegando que o roubo, mediante uso de arma de fogo, é fato de terceiro equiparável a força maior, que exclui o dever de indenizar. Entendeu que não houve danos morais e considerou excessivo o valor fixado para este tipo de indenização.

A desembargadora Angela Salazar (relatora) frisou que, embora a parte autora não tenha realizado qualquer contrato com o Uniceuma, tal fato não desnatura a relação de consumo existente entre as partes, pois decorrendo o dano de consumo, a vítima é consumidora por equiparação, nos termos de norma do Código de Defesa do consumidor (CDC), entendimento em harmonia com jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Quanto à caracterização da responsabilidade da instituição pelo dano sofrido pela autora, a relatora verificou, ao analisar as provas, como inequívoco nos autos a ocorrência de roubo dos pertences da vítima nas dependências do estabelecimento localizado no interior da universidade, bem como a existência de vigilância com controle de entrada e saída de veículos por meio de guaritas, evidenciando que a instituição assumiu a responsabilidade pelos danos ocorridos em suas dependências.

Angela Salazar destacou o boletim de ocorrência, a mídia contendo imagem e áudio da câmera interna da instituição, na qual está registrado o momento da chegada da autora em seu veículo e, em seguida, a de dois homens numa motocicleta. Considerou também relevantes os depoimentos de testemunhas, que confirmam os fatos alegados.

A desembargadora concluiu que o conjunto de provas não deixa dúvidas quanto à ocorrência do roubo. Em relação à alegação da instituição, de existência de excludente de responsabilidade, a relatora citou nova jurisprudência do STJ, segundo a qual, “o assalto à mão armada ocorrido nas dependências de estacionamento privado não configura caso fortuito apto a afastar a responsabilidade civil da empresa prestadora do serviço”.

Quanto aos prejuízos materiais, verificou que foram comprovados pelo extrato no qual consta que a autora efetuou saque bancário de R$ 12.145,00, no dia, e pela fatura do cartão de crédito com vencimento na mesma data. Também manteve o valor dos danos morais, pela situação de intenso sofrimento à qual foi submetida a vítima.

Os desembargadores Kleber Carvalho e Nelma Sarney acompanharam o voto da relatora, negando provimento ao apelo da universidade.

Feirinha São Luís ganha selo comemorativo dos Correios por um ano de atividade

Em comemoração ao primeiro ano da Feirinha São Luís, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e os Correios lançaram nesta quarta-feira (25), o Selo Personalizado em homenagem à iniciativa da Prefeitura de São Luís. O selo circulará no Brasil e no exterior, propagando, por meio de sua imagem, o tema que originou a sua criação. O lançamento ocorreu no Palácio de La Ravardière, com a participação do prefeito Edivaldo, do vice-prefeito, Júlio Pinheiro, do coordenador regional de vendas dos Correios, Silvio Eduardo Silva e Silva, representando no ato o superintendente Ricardo Barros, e dos secretários Pablo Rebouças (Governo), Ivaldo Rodrigues (Gestão Política), Nonato Chocolate (Semapa) e Socorro Araújo (Turismo).

O prefeito Edivaldo comemorou o selo personalizado como ato simbólico das conquistas que envolvem o centro histórico da cidade, que recebe o maior volume de investimento dos últimos 30 anos em obras de revitalização executadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em parcerias com a Prefeitura. “A Feirinha São Luís hoje é uma grande marca da cidade. Esse selo é um marco histórico que muito orgulha nossa gestão”, destacou o prefeito Edivaldo.

Criado sob um fundo amarelo, o selo traz a imagem da personificação do agricultor familiar, do artesão e do artista, segurando em suas mãos uma peça artesanal e coberto por uma veste, cuja estampa simboliza a arquitetura de São Luís com seus azulejos, os produtos agrícolas e a riqueza da flora ludovicense. No canto inferior esquerdo a logomarca da Prefeitura de São Luís. No canto superior esquerdo a descrição “1 ano” seguida da frase “Programa municipal de incentivo à agricultura familiar, economia criativa e promoção da cultura, gastronomia e turismo.

“O selo é algo de importância histórica que vem de séculos atrás, utilizado para consignar uma data histórica ou movimento festivo. Desde o início, demonstramos grande contentamento pelo lançamento do selo comemorativo de um ano da Feirinha São Luís”, disse Sílvio Silva e Silva. Segundo o superintendente dos Correios do Maranhão em exercício, a feirinha tem gerado um impacto positivo no centro histórico e na cidade.

Coordenador da da Feirinha São Luís, o ex-titular da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, o secretário Ivaldo Rodrigues, disse que o selo personalizado coroa uma ação idealizada pelo prefeito Edivaldo.

“Tenho certeza que a Feirinha São Luís agrega uma série de valores positivos. Considero este ato e o Selo Personalizado de um ano uma celebração. Como peça de importância histórica milenar, o selo é muito representativo. É um momento de extrema importância essa homenagem que a cidade, a prefeitura recebem dos Correios”, disse Ivaldo Rodrigues.

A peça filatélica, utilizada no primeiro porte de carte simples, circulará no Brasil e no exterior.
Para Ivaldo Rodrigues, a Feirinha além da geração de renda cumpri a tarefa de revitalizar o Centro Histórico de São Luís. “Tenho orgulho de poder conduzir esta ação”, afirmou Rodrigues.

O secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Nonato Chocolate, entende que a iniciativa da Prefeitura reflete em todo o comércio do entorno, com ganhos também para instituições como os Correios. “Acredito que está havendo um convergência de ações positivas”, disse Chocolate.

SOBRE A FEIRINHA

Inaugurada em 11 de junho de 2017, na Praça Benedito Leite, a feirinha realizou, até 22 de julho, 59 edições, sempre aos domingos das 7h às 15h. A feirinha tem uma estrutura básica de 90 pontos de empreendimento, sendo 59 barracas comercializando produtos da agricultura familiar e artesanato, 22 bancas de alimentação e mais 11 food trucks. Além de venda de produtos agroecológicos, a Feirinha São Luís tornou-se um ponto de compras.

Para a secretaria municipal de Turismo, Socorro Araújo, a Feirinha São Luís tem impulsionado o setor com um público crescente, principalmente nos finais de semana. “A Feirinha é um produto que traz alegria, desenvolvimento para o Centro Histórico. O turista sente que tem toda uma comunidade fazendo parte deste processo, com atrações, artesanato, gastronomia. Isso é muto importante”, observou a secretária.

Como entusiasta do projeto da Feirinha desde seu início, o secretário de Governo, Pablo Rebouças, acredita que, com o selo, a iniciativa terá reconhecimento de todo país.

Quem é o contador da baixada especialista em fraude previdenciária ?

O Blog do Maldine Vieira tomou conhecimento de um grande esquema de corrupção que vem faturando milhões dos cofres públicos ao longo dos anos.

No enredo principal dessa história está um conhecido contador da Baixada Maranhense que, segundo informações, reside na cidade de Pinheiro.

O contador seria um verdadeiro especialista em fraude previdenciária e, por isso, é considerado o cérebro da organização.

Ainda de acordo com informações, a quadrilha envolve empresários, funcionários públicos, e até políticos.

Atualmente, conforme apurou o blog, o contabilista atua também em várias prefeituras maranhenses prestando assessoria e consultoria em licitações.

Page 1 of 7

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén