Maldine Vieira

Poder e Cotidiano

Mês: dezembro 2016 Page 2 of 5

Luciano Genésio é diplomado prefeito de Pinheiro

Luciano Genésio é diplomado prefeito de Pinheiro

Luciano Genésio é diplomado prefeito de Pinheiro

O dia de ontem, 19 de dezembro de 2016, é um dia histórico, não apenas pela diplomação do prefeito eleito Luciano, mas pela representatividade que o momento inspira. A festa, o protocolo do cerimonial foi perfeito, muito bonito, no entanto há algo que apenas o próprio prefeito Luciano sabe dizer, é a confiança de cada um dos quase 20 mil eleitores que depositaram nele na expectativa de mudar nossa realidade, esse sentimento, confiança, é um respeito mútuo e que será o grande alicerce dá administração do novo prefeito.

Quando seu nome foi chamado para receber seu diploma, a emoção foi imensa, logo após receber, do alto e demonstrando a altivez política que sempre teve, gritou “isto é uma conquista do povo de Pinheiro, foi sofrido, mas conseguir”. Essa mensagem passava muito mais do que o desabafo de um político vitorioso que enfrentou duras situações, ali estava um líder, um jovem que precisou perder várias vezes, pra entender o real sentido dá vitória. E particularmente acredito não seria o mesmo sentimento, se não tivesse sido tão difícil quanto foi.

Luciano Genésio é diplomado prefeito de Pinheiro

Luciano Genésio é diplomado prefeito de Pinheiro

Dia 1° de janeiro próximo se consolida a vontade suprema do povo e Luciano passará a ser o prefeito de todos, sua maturidade adquirida ao longo dos anos fez dele um político mais centrado e receptivo, pois o dinamismo político o obrigou a ser assim, é necessário a destreza e jogo de cintura para contornar conflitos e abrir portas para o desenvolvimento, e hoje, mas do que nunca ninguém se mostra mais capacitado do que ele para desempenhar a função de Prefeito.

Outro grande momento dá diplomação foi quando, em seu discurso de agradecimento, ofereceu ao seu pai, José Genésio, o diploma e a vitória e ele visivelmente emocionado disse ao seu ao ex-prefeito “pai uma vez eu te falei que seria prefeito de Pinheiro pra mudar a vida dos pinheirenses e também para limpar o nome de nossa família que foi martirizada ao longo desses 20 anos, pois é pai, eu conseguir, nós conseguimos”. A emoção era visível.

O povo de Pinheiro respira aliviado agora, é hora de trabalho, é hora de mudança, o prefeito já traçou suas ações para os próximos meses, será um governo voltado para os mais humildes, garantiu em entrevista. Luciano é o gestor que a cidade estava precisando, e com essa confiança depositada nele é que vamos, todos juntos, fazer maior e melhor governo de todos os tempos.

Blog do Wellington Sérgio

MPF oferece denúncias contra o prefeito de Lago Verde por dispensa ilegal de licitação

Prefeito Raimundo Almeida

Prefeito Raimundo Almeida

O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu duas denúncias contra o prefeito de Lago Verde-MA Raimundo Almeida por dispensa ilegal de licitação em diversos contratos firmados pela prefeitura.

Segundo o procurador regional da República Elton Ghersel, responsável pelas duas denúncias, o prefeito dispensou a realização de licitação em contratos de locação de veículos, material de limpeza e material de expediente para a prefeitura do município, custando ao todo mais de R$ 55 mil, pagos com recursos do Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS). Ele explica que houve dando ao erário, pois se houvesse seguido os procedimentos licitatórios, a prefeitura poderia ter selecionado proposta mais vantajosa para a administração.

Na outra denúncia, o prefeito também é acusado de autorizar diversas despesas sem prévio procedimento licitatório na ordem de mais de R$ 440 mil, com recursos do Fundo de Desenvolvimento de Educação Básica e da Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O prefeito pode ser condenado a pena de detenção de três a cinco anos, mais multa. A denúncia aguarda recebimento pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).

Luis Fernando é diplomado e anuncia ações: “Temos muito a fazer e nenhum tempo a perder”

Luis Fernando é diplomado e anuncia ações: “Temos muito a fazer e nenhum tempo a perder”

Luis Fernando é diplomado e anuncia ações: “Temos muito a fazer e nenhum tempo a perder”

O prefeito eleito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva (PSDB), o vice Eudes Sampaio (PTB), vereadores e suplentes foram diplomados na manhã desta segunda-feira, dia 19, no auditório da Casa da Justiça, durante solenidade comandada pela juíza Tereza Cristina de Carvalho Mendes.

Luis Fernando volta a comandar o município a partir de 1º de janeiro de 2017, após ter sido eleito com 96,17% dos votos, levando em consideração a votação do seu adversário. Em seu discurso, o tucano aproveitou para reafirmar o compromisso de reconstrução da cidade.

“Não vamos esperar o dia seguinte não. Já combinamos com o presidente da Câmara que a sessão de posse iniciará nos primeiros segundos do dia primeiro, e de lá vamos empossar os secretários, que nas primeiras horas da manhã já estarão com suas equipes trabalhando na recuperação das principais vias públicas do município. Temos muito a fazer e nenhum tempo a perder”, afirmou Luis Fernando.

A cerimônia de diplomação contou ainda com a presença do vice-governador Carlos Brandão (PSDB), do deputado estadual Bira do Pindaré (PSB), além de outras autoridades. “Luis Fernando é um dos grandes quadros da política que temos no Maranhão e se destaca, sobretudo, pela capacidade técnica de fazer uma grande gestão pública. Foi assim quando ele foi prefeito de São José de Ribamar e com certeza, mais uma vez, repetirá a exitosa gestão nos próximos quatro anos”, disse Brandão.

Já a juíza Tereza Cristina lembrou do momento de crise que o país atravessa e pediu que os eleitos, que assumirão em janeiro, tenham a responsabilidade de melhorar esse cenário. “A votação que os senhores e senhoras tiveram foi um cheque em branco e uma demonstração da esperança por melhoras nesse cenário”, arrematou.

Alcione é internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo

Alcione é internada no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo

Alcione é internada no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo

A cantora Maranhense Alcione, de 69 anos, está internada desde a noite de domingo (18), no Hospital Sírio-Libanês. De acordo com a assessoria de imprensa da artista, depois da apresentação no Sesc Itaquera, ela se sentiu mal devido a uma bronquite alérgica e, por isso, passou por exames nesta segunda (19).

A Marrom vinha de uma sequência de shows no Sesc Pompeia e Itaquera. Os médicos acharam prudente deixá-la em observação. “Ela estava aprontando demais e a idade requer cuidados”, disse Eulália Figueiredo, sua assessora, a VEJA SÃO PAULO. A intérprete tinha um compromisso hoje, do qual não poderá participar, e uma apresentação no Buraco da Lacraia, clube na Lapa. Ainda não há previsão de alta.

Segundo a assessora de imprensa, o adiamento do show do Sesc Pompeia não ocorreu por causa da bronquite. “Quando viria a São Paulo, o avião não conseguiu pousar por causa do mau tempo”, explicou. O show foi realizado em uma sessão dupla no dia seguinte. “Ela só começou a passar mal mesmo no domingo à noite”.

Justiça autoriza saída temporária de 510 detentos para o Natal

Justiça autoriza saída temporária de 510 detentos para o Natal

Justiça autoriza saída temporária de 510 detentos para o Natal

Um total de 510 presos deixa os estabelecimentos penais onde cumprem pena a partir das 8h dessa quarta-feira (21) na saída temporária de Natal. A medida consta da Portaria 040/2016, expedida pela juíza Ana Maria Almeida Vieira, titular da 1ª Vara de Execuções Penais. De acordo com a portaria, o retorno dos beneficiados deve se dar até às 18h da próxima terça-feira (27).

Ainda de acordo com a portaria, os dirigentes de estabelecimentos prisionais têm até às 12h do dia 29 de dezembro para informar ao Juízo sobre o retorno dos internos e/ou eventuais alterações.

Entre as condições exigidas para os beneficiados pela saída, a de não portar armas, não ingerir bebidas alcóolicas, não frequentar bares, festas e/ou similares e recolher-se às suas (deles) residências até às 20h.

Segundo a juíza titular da 1ª VEP, Ana Maria Vieira, na mais recente saída temporária autorizada pela VEP, cerca de 94% dos beneficiados retornaram aos estabelecimentos prisionais de origem.

Lei de Execuções Penais – O benefício da saída temporária é previsto na Lei 7210/84 – Lei de Execuções Penais (art.66,IV). De acordo com a LEP, “a autorização será concedida por ato motivado do juiz da execução, ouvidos o Ministério Público e a Administração Penitenciária e cumpridos os requisitos de comportamento adequado; cumprimento mínimo de um sexto da pena (se o condenado for primário); e um quarto, (se reincidente); além de compatibilidade do benefício com os objetivos da pena”.

Deputado mais votado do MA recebeu cheque de R$ 150 mil de empresa investigada na Lava Jato

Deputado Josemar de Maranhãozinho

Deputado Josimar de Maranhãozinho

O deputado estadual Josimar Cunha Rodrigues (PR), conhecido como ‘Josimar de Maranhãozinho’ e que também atende pela alcunha de ‘moral da BR’, está entre os diversos políticos Brasileiros que receberam doações de empresas investigadas na operação lava jato.

O deputado Maranhense recebeu em 2014 um cheque no valor de R$ 150 mil reais da empresa ECOVIX,  que pertence ao grupo ENGEVIX, empreiteira investigada na décima nona fase da operação lava jato, batizada de ‘Nessun dorma’, deflagrada em 21 de Setembro de 2015.

Segundo dados obtidos no portal do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE), o cheque foi repassado inicialmente ao diretório nacional do Partido Republicano (PR) e, dias depois depositado na conta eleitoral de Josimar de Maranhãozinho,

O deposito foi realizado no dia 22 de Setembro de 2014, faltando apenas 13 dias para o primeiro turno das eleições. O blog do Maldine Vieira apurou que o repasse da ‘gorda’ quantia em dinheiro na conta de Josimar às vésperas da eleição, foi utilizado para custear os gastos ‘oficiais’ da campanha.

Com uma estrutura milionária,  Josimar conseguiu ser eleito o deputado estadual mais votado do Maranhão, com uma expressiva votação de aproximadamente 100 mil votos. No entanto, até os dias de hoje, ninguém nunca soube como um simples ex-prefeito de uma cidade de 16 mil habitantes, foi capaz de desembolsar cifras milionárias para se tornar deputado estadual.

Outro fato que também chama atenção, é a prestação de contas de Josimar declarada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Durante pesquisa no portal SPCE,  o blog verificou que o total de gasto declarado foi de apenas R$ 923 mil reais, algo completamente incompatível com a realidade da campanha em 2014.  Nos próximos dias o blog vai trazer a tona os detalhes da prestação de conta do deputado. Aguardem !

Bacuri: considerado ficha-suja, Dr. Washington tem registro cassado

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão voltou a cassar hoje (19) o registro de candidatura de Dr. Washington (PDT), candidato mais votado na eleição deste ano.

O pedetista foi considerado ficha-suja por cinco dos seis membros da Corte porque teve 23 contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Maranhão (reveja), posteriormente rejeitadas pela Câmara Municipal.

Antes do julgamento desta segunda, ele  havia conseguido reverter no próprio TRE a decisão de primeiro grau que culminou com o indeferimento do registro (saiba mais). Ele vinha se sustentando à base de liminares, todas derrubadas na semana passada pelo desembargador Bayma Araújo (releia).

Como voltaram a valer os pressupostos da cassação do registro – tal como definida em primeiro grau – os membros do Tribunal, então, julgararm procedentes embargos do segundo colocado, Júnior Tropical (PSD).

Cabe a Dr. Washington, agora, recorrer ao TSE. Se ele não conseguir reverter a situação, devem ser convocadas novas eleições no município.

Blog do Gilberto Léda

Ex-presidente Lula e mais oito viram réus em processo da Lava Jato

Ex-presidente Lula e mais oito viram réus em processo da Lava Jato

Ex-presidente Lula e mais oito viram réus em processo da Lava Jato

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, aceitou a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e mais oito pessoas na Operação Lava Jato. Com isso, eles se tornam réus no processo.Leia a íntegra da denúncia recebida por Moro e a correção em novo despacho incluindo Paulo Ricardo Baqueiro de Melo.

A denúncia do Ministério Público Federal (MPF) foi apresentada à Justiça Federal do Paraná na quarta-feira (15) e envolve a compra de um terreno para a construção da nova sede do Instituto Lula e um imóvel vizinho ao apartamento do ex-presidente, em São Bernardo do Campo.

“Quanto ao apartamento 121 ocupado pelo ex-Presidente  Luiz Inácio Lula da Silva, consta, em cognição sumária, prova de que o custo para aquisição em 2010 foi suportado pela Construtora Norberto Odebrecht, que não há prova documental do pagamento de aluguéis entre 2011 a 2015, que o locador apresentou explicações contraditórias sobre o recebimento dos aluguéis e que são inconsistentes com as declarações de advogado que, segundo o locador, teria recebido parte dos aluguéis”, disse Moro ao aceitar a denúncia.

Esta é a quarta denúncia contra Lula em processos relacionados à Lava Jato. Nos outros três, a Justiça aceitou o pedido do MPF e transformou o ex-presidente em réu. Além disso, ele é alvo de uma quinta denúncia relacionada à Operação Zelotes.

Veja quem se tornou réu no processo:
1) Antônio Palocci Filho
2) Branislav Kontic
3) Demerval de Souza Gusmão Filho
4) Glaucos da Costamarques
5) Luiz Inácio Lula da Silva
6) Marcelo Bahia Odebrecht
7) Marisa Letícia Lula da Silva
8) Roberto Teixeira
9) Paulo Ricardo Baqueiro de Melo

Logo após aceitar a denúncia, Moro emitiu outro despacho no qual afirma que houve um erro material na decisão e incluiu o nome de Paulo Ricardo Baqueiro de Melo na lista de réus.
A acusação sobre Paulo Melo é de que ele tenha cuidado pessoalmente da aquisição do terreno que seria destinado ao Instituto Lula.

“Presente, portanto, justa causa também em relação a ele, motivo pelo qual recebo a denúncia também contra Paulo Ricardo Baqueiro de Melo. Retifico portanto a decisão no evento 4 para incluir o recebimento também contra o acusado Paulo Ricardo Baqueiro de Melo”.

MP abre investigação contra Júnior Franco por irregularidades em convênio

Prefeito Junior Franco (PMDB)

Prefeito Junior Franco (PMDB)

A Promotoria de Justiça da Comarca de Cururupu instaurou inquérito civil para apurar possíveis irregularidades na prestação de contas e execução de um convênio celebrado em 2014 entre a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (SEDES) e a prefeitura do município, cujo objeto seria a recuperação de estrada vicinal.

Assinalada pelo promotor Francisco de Assis da Silva Filho, a investigação aponta para suposta prática de ato de improbidade administrativa do prefeito da cidade, José Carlos de Almeida Júnior, o Júnior Franco (PMDB), e membros da Comissão Permanente de Licitação (CPL) do município.

O procedimento foi aberto no dia 22 de novembro último, após o Parquet encontrar indícios que apontam transação financeira irregular dos recursos públicos oriundos de convênio, além de possíveis irregularidades no processo licitatório para execução dos serviços.

Júnior Franco, os membros da CPL de Cururupu, bem como a SEDES, atualmente comandada pelo deputado tucano licenciado Neto Evangelista, foram todos notificados e requisitados a ceder informações e documentos sobre a situação do convênio e da licitação.

Atual7.com

Polícia confirma conjunção carnal no caso da sobrinha-neta de Sarney

Coletiva apresenta novos resultados periciais sobre o Caso Mariana Costa

Coletiva apresenta novos resultados periciais sobre o Caso Mariana Costa

Novos evidências confirmaram que houve conjunção carnal no estupro sofrido por Mariana Costa pelo seu cunhado Lucas Porto. Os resultados de exames que reforçam as investigações foram apresentados durante uma coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (16), na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP), em São Luís. A vítima é filha do ex-deputado estadual Sarney Neto e sobrinha-neta do ex-presidente da República e senador José Sarney.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, o assassino confesso Lucas Porto havia negado a conjunção carnal e afirmou que ejaculou fora do corpo da vítima, versão contrariada pelos últimos resultados divulgados. O crime aconteceu no dia 14 de novembro no apartamento da vítima que fica no bairro Turu, em São Luís.

A perícia constatou também que nenhum dos dois tinha feito uso de entorpecentes no dia do crime.

Caminhada por Justiça
Familiares e amigos da publicitária Mariana Costa realizam uma caminhada por Justiça no caso de Mariana, por Paz e pela luta contra a violência às mulheres. A caminhada será no próximo sábado (17), às 16h, na Avenida Litorânea, com concentração na Praça do Pescador. Os participantes deverão vestir camisa branca.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén